PM é morto após discussão com ex-marido de namorada, em Paragominas
08/12/2023 11:41 em Policia

O Policial Militar Antonio Italo Alves de Sousa, de 39 anos, mais conhecido como Cabo Ítalo, foi morto a tiros na madrugada desta sexta-feira (8), na casa da namorada em Paragominas, sudeste paraense. Conforme as informações iniciais, o suspeito do crime seria o ex-marido da namorada de Ítalo, identificado como Renato Reis, que teria cometido o crime após uma discussão. Ele foi preso nesta manhã.

 

Segundo o que foi informado por populares nas proximidades do local, tudo ocorreu por volta de 0h30 da madrugada, quando o PM e os moradores da residência, que seriam os familiares da namorada de Ítalo, estavam consumindo bebidas alcoólicas. Renato e o PM teriam discutido por ligação mais cedo e, após isso, o suspeito foi até a casa da ex-namorada para falar pessoalmente com o policial. No local, eles discutiram e Ítalo teria pego a arma de fogo e feito um disparo no chão, próximo ao suspeito. Neste momento, Renato partiu para cima do PM e a arma de fogo caiu no chão. O suspeito teria aproveitado para disparar ao menos 3 vezes contra o PM.

 

Não há informações exatas sobre o que teria dado início a discussão por telefone entre o suspeito e a vítima fatal. O cabo Ítalo morreu na hora e o suspeito fugiu do local, se escondendo na casa de familiares para não ser preso. No entanto, após o crime, várias buscas foram feitas pela polícia local até que encontraram Renato por volta das 6hrs. Ele foi encaminhado para a Seccional de Paragominas. Testemunhas contam que Renato teria uma filha com a namorada de Ítalo e não havia aceitado o fim do relacionamento. No entanto, todas as circunstâncias do crime serão apuradas pela Polícia Civil.

 

Antônio Italo Alves de Sousa é natural do Piauí e não teria familiares no Para. O corpo dele será levado para o estado do nordeste, onde ocorrerá o sepultamento.

 

Em nota, a  Polícia Civil informou que o suspeito do crime foi preso em flagrante por homicídio doloso e está à disposição da Justiça.

 

 

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!