Pará registra três doações de órgãos em menos de 24 horas
13/05/2024 09:53 em Saúde

O Pará vivenciou, em menos de 24 horas, um momento de solidariedade e cooperação: três famílias autorizaram as doações de órgãos de parentes falecidos. Enquanto uma equipe médica de Belém, especializada em transplante de fígado, embarcava para Santarém, no oeste do Estado, para se juntar aos profissionais do Hospital Regional do Baixo Amazonas, outra equipe se preparava para a remoção dos órgãos de mais dois doadores em Belém.

 

 

O Governo do Pará, por meio da Central Estadual de Transplantes do Pará (CET), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e responsável pela coordenação e organização de todas as atividades no âmbito estadual, articulou e organizou toda a logística, que envolveu inúmeras etapas cuidadosamente planejadas. 

Todos os envolvidos, como as Comissões Hospitalares de Doação de Órgãos e o Samu, foram fundamentais no processo de captação, doação e deslocamento, reforçando o compromisso por trás de cada doação, aliado ao empenho do governo do Estado em garantir esse serviço à população.

 

 

Segundo Ierecê Miranda, coordenadora da CET, o ato reforça a sensibilização das famílias paraenses à doação de órgãos e o compromisso do Estado com esta missão. No Brasil, a família autoriza a doação de órgãos de pessoas falecidas. “Seja você também é um doador de órgãos, converse com a sua família sobre isso, ou deixe a sua vontade registrada em cartório, através da Autorização Eletrônica de Doação de Órgãos (Aedi)”, ressaltou a coordenadora.

Três doadores efetivos em uma semana renova a esperança de pacientes que estão na lista estadual de espera por transplantes.

Texto: Jamille Leão – Ascom/Sespa

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!