PUBLICIDADE
Prefeitura entrega mais de 40 cartões Reforma e Construção
15/03/2022 11:52 em Novidades

 

Mais de 40 famílias terão a vida transformada com a entrega de novos cartões Reforma e Construção, benefício que auxilia famílias que já possuem lotes a construírem ou darem condições mais dignas para as suas casas. A entrega dos novos 44 benefícios foi feita nesta segunda-feira (15), pela prefeita Josemira Gadelha, e pelo secretário de Habitação, Oribes Primo.

São histórias como a da Dona Maria de Lourdes, que já tem planos. “Agora vou construir a minha casa e ser feliz nela”, destacou. “Agradeço a Desus pelo trabalho que tem sido feito e que tem ajudado muitas pessoas”, afirmou outra beneficiada, Rainara Gomes, que vai reformar a casa em que mora com o marido e três filhos.

“É mais uma entrega que vai beneficiar famílias que tem esse sonho de ter ou reformar a sua casa própria, esse é sempre um dia muito especial”, destacou a prefeita Josemira Gadelha. Ela esteve acompanhada também do vereador Webert Felipe, e do secretário de Governo, Roberto Andrade.

Sobre o cartão

O projeto, que está dentro do Programa Moradia Digna, busca incentivar a melhoria de habitações em Canaã, além de movimentar o mercado local de construção civil.

Por meio do Cartão, as famílias poderão realizar a compra de materiais de construção e pagamento de mão de obra. Os beneficiários serão escolhidos por meio de seleção pública periódica, com publicação de edital para a adesão ao Programa.

O Cartão na modalidade construção é voltado para pessoas que possuem terreno não edificado ou com edificação precária, até o limite de R$ 60 mil. Já a categoria reforma e ampliação é voltada para famílias que desejam executar melhorias e recuperações em suas residências.

Para se enquadrar no benefício, o interessado deve ter renda familiar mensal bruta de, no máximo, três salários mínimos; possuir apenas um imóvel no nome do chefe da família; não ter sido beneficiado em outro programa de habitação; além de estar inscrito no cadastro habitacional há mais de dois anos.

Do total do valor do incentivo, 70% deve ser destinado à compra de materiais de construção e 30% para pagamento de mão de obra.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE