Com presença de secretário nacional, Canaã apresenta primeiras aplicações do Smart City
24/11/2021 16:22 em Tecnologia

Um relógio inteligente que mapeia dados de saúde dos pacientes, envia para um sistema onde os profissionais de saúde podem acompanhar qualquer variação anormal e intervir de forma preventiva. Um scanner que identifica os alunos que adentram no transporte escolar e avisa aos pais o horário de entrada e de saída. Um aplicativo que permite aos cidadãos informar sobre demandas como troca de lâmpadas, ou buracos nas vias. E, por fim, um sistema que permite a detecção aérea de lixo acumulado, água parada, e até animais nas vias.

Tudo isso pode se tornar realidade em breve em Canaã dos Carajás, por meio do projeto Smart City, que visa utilizar ferramentas da tecnologia, da internet e da inteligência artificial para auxiliar a gestão pública e melhorar o atendimento ao cidadão. O projeto é uma parceria da prefeitura com a Universidade Federal do Pará (UFPA), com participação da Universidade de São Paulo (USP) e financiamento do Fundo de Desenvolvimento Sustentável de Canaã. Essas primeiras quatro aplicações, citadas acima, foram apresentadas em evento nesta terça-feira (23), realizado em Canaã, que foi prestigiado pelo secretário nacional de Empreendedorismo e Inovação do governo federal, Paulo César Alvim.

Também marcaram presença o diretor de Educação Profissional e Tecnológica da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado, José Leôncio Siqueira, os reitores da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Francisco Ribeiro da Costa, e do Instituto Federal do Pará (IFPA), Cláudio Alex Jorge da Rocha, além do coordenador do projeto Smart City na UFPA, Carlos Renato Francês, e do coordenador do projeto IARA da USP, André Carlos Ponce de León. O evento ainda contou com a presença de professores, pesquisadores e lideranças empresariais e políticas do município.

O secretário nacional de Empreendedorismo e Inovação parabenizou Canaã pela iniciativa e destacou que as ações do projeto vão ao encontro dos desafios atuais. “O que está acontecendo aqui é algo concreto, que se materializa, e o grande desafio é que se transforme em benefício para a população local”, disse.

Já a prefeita de Canaã, Josemira Gadelha, enfatizou o desafio do município, de fazer com que os recursos vindos da mineração criem um ciclo de desenvolvimento. A inovação tecnológica, segundo ela, é uma das formas de criar uma nova economia, não apenas auxiliando a gestão pública, mas também o empreendedorismo digital. “Estamos aproximando as inovações das pessoas e transformando a cidade para que conecte todos e possamos melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, disse.

As aplicações apresentadas no evento foram desenvolvidas por pesquisadores da Universidade federal do Pará e ainda serão validadas em testes no município, com uma amostra do público final, para que sejam feitos eventuais ajuste e possam ser utilizadas no dia a dia.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE